quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeNegóciosANV e mais - HTX agenda deslistagem de 7 de tokens para...

ANV e mais – HTX agenda deslistagem de 7 de tokens para o início de maio

Nesta segunda-feira (29), a HTX anunciou o agendamento da deslistagem de 7 tokens para o início de maio. Entre eles, está ANV. Confira mais informações sobre esta e outras notícias recentes relacionadas ao mercado digital no texto abaixo. Entre elas, a HTX também anunciou três novas listagens para hoje.

Imagem de pressfoto no Freepik

Por meio de comunicado publicado na madrugada desta segunda-feira (29), a HTX afirmou que vai encerrar as negociações de sete tokens:

  • ANV
  • LUNR
  • MULTI
  • PARADOX
  • TDX
  • TOKE
  • TRIBE

De acordo com o comunicado, a plataforma vai realizar a deslistagem desses tokens em 6 de maio, às 7h (UTC). A HTX informa que essa ação tem como objetivo o “desenvolvimento saudável do ecossistema blockchain”.

Entre outros pontos relacionados ao assunto, a HTX pede para que os usuários cancelem ordens abertas desses tokens em tempo hábil. A corretora também informa que os serviços de depósito serão encerrados quando os tokens forem removidos. No entanto, os serviços de retirada continuarão disponíveis.

“Qualquer pedido aberto para ANV, LUNR, MULTI, PARADOX, TDX, TOKE e TRIBE será automaticamente cancelado após a exclusão e os ativos digitais relacionados serão creditados em sua conta Spot”, compartilhou a HTX.

Listagens

Também nesta segunda-feira (29), a HTX anunciou três novas listagens para hoje. São elas:

  • MSN (Meson Network) – Serviços de depósito 5h30 (UTC)
  • RONIN (Ronin) – Serviços de depósito 7h (UTC)
  • COOL (Coolman’s Universe) – Serviços de depósito 9h30 (UTC)

Confira mais informações sobre essas novidades clicando aqui.

Mais Notícias

No último dia 12, a embaixada chinesa fez um alerta para que seus cidadãos e instituições presentes em Angola respeitem a legislação do país, que proíbe a mineração de criptomoedas e outros ativos virtuais. No comunicado, o órgão do governo chinês ressaltou que desde o ano passado, cidadãos do país já foram responsabilizados legalmente nesse contexto.

Já na última terça-feira (23), o Serviço de Investigação Criminal de Angola (SIC) realizou operações contra duas fazendas ilegais de mineração de Bitcoin. Essas ações resultaram nas prisões de sete cidadãos chineses.

Por fim, a Binance Academy anunciou parcerias com três instituições de ensino da Europa para a promoção de novos cursos relacionados a blockchain e Web 3. Confira os nomes das instituições e dos novos cursos clicando aqui.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img