quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeBitcoinBinance remove mais 5 pares de criptomoedas da sua carteira

Binance remove mais 5 pares de criptomoedas da sua carteira

A Binance, líder global em negociação de criptomoedas, anunciou a remoção de cinco pares de negociação. De acordo com a exchange, a mudança já entra em vigor na próxima sexta-feira (14) e tem como objetivo “proteger os usuários e manter um mercado de negociações de alta qualidade”. 

Binance anuncia também a inclusão de alguns pares

A Binance tem um processo rigoroso para escolher quais criptomoedas serão listadas em sua plataforma. Ou seja, as moedas são selecionadas com base em critérios como inovação, potencial de crescimento e adoção pelo mercado. Dessa forma, os pares escolhidos para serem removidos são:

  • ALPACA/BTC
  • MDX/BTC
  • NFP/TUSD
  • QUICK/BTC 
  • XAI/BNB

As criptomoedas afetadas são Alpaca Finance (ALPACA), Mdex (MDX), NFPrompt (NFP), QuickSwap (QUICK) e Xai (XAI). No entanto, a Binance ressalta que essas moedas ainda poderão ser negociadas por meio de outros pares.

Mas, em contrapartida, a Binance também anunciou a inclusão de três novos pares em sua plataforma. A criptomoeda Notcoin (NOT) ganha destaque, pois negociará contra o real brasileiro (BRL) no par NOT/BRL. Além dessa, entrarão: 

  • TRU/TRY (TrueFi/Lira turca) 
  • WIF/EUR (dogwithat/euro)

Porém, apesar do anúncio de remoção, quatro das cinco criptomoedas afetadas estão operando em alta: 

  • ALPACA e NFP apresentam ganhos de 5,8% e 7,6%, respectivamente
  • QUICK opera em alta de 3% 
  • XAI sobe 6,7%

Apenas a MDX está em queda, com perdas de 5%.

A Binance, por sua vez, finalizará o serviço de bots para esses pares. Portanto, a corretora recomenda que os investidores pausem seus bots para evitar perdas desnecessárias.

Por fim, na semana passada, a Binance listou a IO.NET (IO) em seu Launchpool, distribuindo 20 milhões de tokens IO a detentores de BNB e FDUSD que fizessem staking em sua plataforma. Na última terça-feira (11), a criptomoeda teve uma alta de 63%.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img