sábado, maio 25, 2024
spot_img
HomeBitcoinDemanda por criptomoedas sobe 26% na Binance

Demanda por criptomoedas sobe 26% na Binance

O mercado de criptomoedas tem sido impulsionado por uma série de fatores, incluindo o lançamento de fundos de índice (ETFs) de bitcoin nos Estados Unidos. O relatório Key Trends in Crypto, da Binance Research, destaca que esse movimento trouxe um novo impulso ao mercado, com o valor de mercado do bitcoin aumentando em 40%.

Imagem: Pexels / David McBee

Mais de US$ 8 bilhões em criptomoedas entraram na Binance

A Binance, uma das maiores plataformas de criptomoedas do mundo, tem observado um aumento significativo no interesse dos investidores de varejo. Nos últimos seis meses, o número de usuários que utilizam a plataforma cresceu 26%. 

Além disso, houve um aumento de 10% no número de usuários que fazem login, mas não efetivam transações. Isso mostra um crescente interesse pelo mercado de criptomoedas e muitos desses interessados viram investidores.

Esse crescimento está diretamente ligado ao acordo firmado pela Binance com o governo dos Estados Unidos em novembro do ano passado. Desde então, foram observadas as seguintes mudanças:

  • Mais de 11 milhões de novos usuários de varejo se registraram na plataforma
  • Mais de US$ 8 bilhões em criptoativos entraram na Binance

Ou seja, o valor dos ativos de clientes mantidos na plataforma aumentou mais de US$ 120 bilhões.

Assim, segundo Guilherme Nazar, diretor-geral da Binance para o Brasil, esse aumento no interesse pelo mercado de criptoativos é um reflexo do crescimento dos preços do bitcoin e de outras criptomoedas. 

Ele ressalta a importância de os investidores se informarem adequadamente antes de tomar decisões, pois isso pode evitar golpes. Não é à toa que plataformas seguras e transparentes, como a Binance vem crescendo a cada mês.

Portanto, com o mercado de criptomoedas em constante evolução, é essencial que os investidores estejam atentos às tendências. Assim, se informar sobre o mercado é importante para aproveitar as oportunidades que surgem nesse setor e evitar prejuízos.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img