terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeNFTsDonald Trump perde US$ 3 milhões com criptomoedas em março

Donald Trump perde US$ 3 milhões com criptomoedas em março

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conhecido por suas opiniões polêmicas, agora se tornou um entusiasta das “criptomoedas”. Recentemente, ele sofreu uma perda significativa em seu portfólio, que caiu de US$ 8 milhões para US$ 5,3 milhões, segundo o site Benzinga.

Donald Trump começou a investir em criptomoedas recentemente

A maior parte dessa perda, mais de US$ 3 milhões, ocorreu devido à queda do Ether (ETH) e dos NFTs em sua carteira no mês passado. Trump, que já chamou o Bitcoin (BTC) de “golpe”, agora se rendeu ao ETH e aos NFTs.

No ano passado, Trump reportou vendas de US$ 2,4 milhões em ETH e lançou sua própria coleção oficial de NFTs, a Trump Digital Trading Cards. Essa coleção, lançada em dezembro de 2022, vendeu cerca de 45.000 NFTs por US$ 99 cada.

Os NFTs são imagens de Trump, pelas quais ele recebe royalties de acordo com os volumes de negociação. Dos NFTs, Trump recebeu mais de 1.800 ETH e também em Wrapped Ether (WETH).

Em abril de 2023, Trump e seu parceiro de negócios, NFT INC LLC, lançaram um segundo lote de NFTs, que também se esgotou rapidamente. Segundo a Forbes, mais de US$ 8,9 milhões foram arrecadados com as vendas das coleções.

A recente postura a favor das criptomoeda de Trump manteve os eleitores que investem nesses ativos interessados em suas futuras políticas para o setor. Trump é o favorito nas pesquisas para vencer as eleições, o que significa que ele pode ficar a cargo de legislar sobre o setor a partir de 2025.

Os adeptos das criptomoedas estão na expectativa de uma abordagem diferente da atual gestão do presidente Joe Biden, conhecida por sua rigidez nas normas de criptomoedas. Contudo, a posição de Trump tende a se tornar mais evidente com o início da corrida presidencial.

De acordo com uma pesquisa da Coinbase e da Morning Consult, 22% dos entrevistados que possuíam Bitcoin se identificaram como democratas, 18% como republicanos e 22% como independentes. 

Portanto, isso mostra que as criptomoedas não são uma questão partidária, mas sim uma questão de interesse pessoal e financeiro.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img