sábado, maio 25, 2024
spot_img
HomeAltcoinElon Musk diz que dogecoin é "criptomoeda do povo"

Elon Musk diz que dogecoin é “criptomoeda do povo”

O empresário e bilionário Elon Musk reiterou seu apoio ao dogecoin, chamando-o de “criptomoeda do povo”. Ainda chegou a sugerir que a Tesla, sua empresa, poderia eventualmente aceitar a moeda meme como forma de pagamento. Musk fez esses comentários durante um encontro com funcionários da Tesla em uma fábrica na Alemanha, onde também afirmou que “em algum ponto, acho que deveríamos fazer isso [aceitar o dogecoin como forma de pagamento]”.

Elon Musk vê na criptomoeda possibilidade de ganhos no futuro

As declarações de Musk provocaram um aumento no preço do dogecoin, com um aumento de 9,7% nas últimas 24 horas. Apesar de a Tesla ter reservas em bitcoin, Musk tem sido um defensor vocal do dogecoin ao longo dos anos. 

O bilionário já chegou a substituir o símbolo do Twitter pelo símbolo do dogecoin em julho de 2023. Na época o Twitter já era chamado de X. 

Musk explicou seu apoio ao dogecoin, dizendo que “muitas pessoas não sabem o motivo de eu ter meio que endossado o dogecoin. Eu pensei que o dogecoin é a criptomoeda do povo, então eu deveria apoiá-la. Muitas pessoas ricas estavam apoiando o bitcoin mas as pessoas na ponta estavam apoiando o dogecoin. E se elas estão apoiando o dogecoin, eu vou apoiar o dogecoin”.

Assim, a possibilidade da Tesla adotar o dogecoin como forma de pagamento e os elogios recentes de Musk à criptomoeda fizeram com que seu preço disparasse. No entanto, Musk também enfrenta desafios legais relacionados ao dogecoin.Um processo bilionário acusa o executivo de manipular o preço da moeda para lucrar com isso.

Mas, apesar das controvérsias, Musk continuou avançando em seus planos para tornar o X um aplicativo financeiro, com negociação de ativos e transações entre usuários. 

Então, embora a criptomoeda raramente seja mencionada como uma opção de uso na rede social, a compra do Twitter por Musk alimentou a esperança de muitos investidores.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img