segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
HomeNFTsHospital referência no tratamento de câncer cria coleção de NFTs

Hospital referência no tratamento de câncer cria coleção de NFTs

O Hospital Amaral Carvalho, em Jaú (SP), inova ao transformar o projeto do Ursinho Elo em NFTs, tokens não-fungíveis, criando uma coleção exclusiva de cards digitais colecionáveis. Essa iniciativa, além de promover a interação com os diversos públicos interessados no hospital, também tem como objetivo arrecadar fundos para a instituição.

Imagem: G1 / Paulo Piassi

NFTs funciona como uma arrecadação de fundos

Assim, o Ursinho Elo foi criado em 2014 como uma forma de aproximar familiares e amigos das crianças em tratamento contra o câncer. O objetivo era transmitir mensagens de voz gravadas por meio de um aplicativo de celular. 

Agora, essa ideia ganha um novo formato, permitindo que os apoiadores do hospital possam adquirir os NFTs do Ursinho Elo, contribuindo assim para a causa. Renato Fachim, responsável pela Comunicação e Marketing do Hospital Amaral Carvalho, destaca a importância da tecnologia nesse projeto, ressaltando que ela é uma aliada na missão de salvar vidas. 

Ou seja, para ele, o uso de cards digitais como forma de arrecadação de fundos é uma maneira inovadora e segura de atrair doadores e fazer com que eles se sintam parte da comunidade digital do hospital.

A Hathor, empresa que intermedia a relação do hospital com a plataforma de compra dos cards, também enxerga essa iniciativa como um exemplo de como a tecnologia pode ser usada em causas sociais importantes. 

Diego Guareschi, chefe de marketing da Hathor, ressalta a satisfação de ver a tecnologia impactando positivamente a vida das pessoas. É claro que isso destaca o compromisso da empresa com o desenvolvimento social e de sustentabilidade.

Cada card digital possui um valor de doação associado e os doadores podem escolher quais cards desejam adquirir. Esses cards se transferem para a conta do doador em um aplicativo específico, onde eles podem participar de experiências com a comunidade. Quanto mais os doadores utilizam seus cards, mais benefícios desbloqueiam, criando assim uma interação dinâmica e recompensadora.

Revolucionando a forma de fazer doação

Antônio José de França, de 67 anos, é um exemplo de apoiador que adquiriu todos os cards digitais da coleção do Ursinho Elo. Ele destaca a facilidade e a intuitividade do processo de compra, além de ressaltar os benefícios futuros que o resgate dos NFTs pode trazer.

O Hospital Amaral Carvalho é referência no tratamento oncológico no Brasil. Ele disponibiliza 100% da sua capacidade instalada para atendimento a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). 

Dessa forma, a cada ano, o hospital atende mais de 75 mil pacientes de todos os Estados do Brasil. Além disso, ainda realiza mais de um milhão de procedimentos, incluindo quimioterapia e radioterapia.

Portanto, essa iniciativa do Hospital Amaral Carvalho mostra como a tecnologia pode ser uma aliada poderosa na arrecadação de fundos e na promoção da interação com a comunidade. Então, isso pode tornar a doação uma experiência mais dinâmica e recompensadora.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img