sexta-feira, maio 24, 2024
spot_img
HomeBitcoinAutor de “Pai Rico, Pai Pobre”, prevê Bitcoin à US$100.000 até junho

Autor de “Pai Rico, Pai Pobre”, prevê Bitcoin à US$100.000 até junho

Robert Kiyosaki, autor do best-seller “Pai Rico, Pai Pobre“, causou um alvoroço nas redes sociais com suas recentes declarações sobre o Bitcoin. Em suas previsões mais recentes, ele afirmou com confiança que o Bitcoin (BTC) está a caminho de atingir o marco significativo de US$ 100.000 até junho de 2024.

Previsão otimista sobre Bitcoin

Essa previsão otimista segue alinhada com suas projeções anteriores, onde ele expressou convicção de que o preço do BTC poderia subir para US$ 120.000 até o final deste ano e potencialmente para US$ 500.000 até 2025.

Ou seja, a confiança de Kiyosaki no Bitcoin está fundamentada em sua crença de que a criptomoeda é um refúgio contra a inflação e a instabilidade econômica. Dessa forma, ele tem enfatizado consistentemente a importância da preparação financeira e da diversificação do portfólio, recomendando ativos como ouro, prata e Bitcoin.

No entanto, o autor recentemente expressou dúvidas em relação ao ouro, afirmando que o metal precioso poderia cair para abaixo de US$ 1.200. Mas ele prevê que a prata terá um desempenho positivo, assim como o Bitcoin.

Por isso, baseando-se em sua obra aclamada “A Profecia do Pai Rico”, Kiyosaki tem emitido insights cautelosos sobre possíveis turbulências financeiras. Ele reforça a importância de uma gestão financeira proativa e informada, especialmente em tempos de incerteza econômica.

Kiyosaki sempre instigou seus seguidores com frases como “compre Bitcoin antes que seja tarde demais” e “prepare-se para o crash: compre ouro, prata e Bitcoin”.

Em resumo, resta apenas aguardar para saber se as previsões de um dos empresários mais respeitados do mundo irá se concretizar. Ou se isso nada mais é do que uma grande jogada de marketing para aumentar as suas redes sociais.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img