quinta-feira, junho 13, 2024
spot_img
HomeBitcoinBitcoin tem recorde após halving e Ethereum acompanha 

Bitcoin tem recorde após halving e Ethereum acompanha 

O Bitcoin (BTC) registrou um aumento significativo, atingindo $66,751.18, um salto de 2.5% desde último domingo (19). Esse movimento gerou um renovado otimismo entre traders e investidores. Assim, mesmo com uma breve correção, o desempenho do BTC continua a chamar a atenção, especialmente em Wall Street.

Bitcoin dispara e atrai atenção de Wall Street

De acordo com a Santiment, os ETFs de Bitcoin têm atraído interesse substancial. Sete ETFs principais registraram um volume de negociação combinado de $5.65 bilhões, o mais alto desde 24 de março. 

Na última quinta-feira (16), os ETFs de Bitcoin à vista dos EUA testemunharam entradas líquidas de $257 milhões. Entre os destaques:

  • GBTC da Grayscale viu entradas líquidas de $4.638 milhões.
  • IBIT da BlackRock registrou $93.7 milhões.
  • FBTC da Fidelity teve $67.082 milhões em entradas líquidas.

Esse crescente interesse de investidores institucionais está injetando liquidez significativa no mercado de Bitcoin.

Portanto, grandes investidores em criptomoedas, conhecidos como baleias, diminuíram sua acumulação de BTC. Mas, por outro lado, investidores de varejo, que detêm entre 0.001 a 1 BTC, estão acumulando em uma alta taxa. 

Ou seja, esse comportamento pode promover a descentralização da rede a longo prazo. A relação MVRV aumentou, indicando lucratividade entre os detentores, o que pode levar à realização de lucros se os preços continuarem subindo.

Assim, apesar do aumento de preço, uma queda na diferença Long/Short sugere uma diminuição nos detentores de longo prazo e um aumento nos detentores de curto prazo. 

Então, esses investidores de curto prazo são mais propensos a reagir impulsivamente às flutuações do mercado. Isso acaba afetando negativamente a estabilidade do BTC.

Ethereum também é impulsionado 

O Ethereum (ETH) também teve um desempenho notável, subindo para $3,091.79, um aumento de quase 6% último sábado (18). Mas analistas atribuem esse rali, principalmente, à diminuição da demanda por ativos de renda fixa após estagnação de vendas no varejo nos EUA em abril. 

Esses dados aumentaram as expectativas de um possível corte na taxa de juros pelo Federal Reserve dos EUA, impulsionando os mercados de risco como criptomoedas.

A alta do Ethereum foi ainda mais estimulada por uma acusação do Departamento de Justiça dos EUA (DoJ). Segundo o órgão, duas pessoas manipularam a blockchain do Ethereum. Então, o reconhecimento da acusação como uma prova da descentralização do Ethereum fortaleceu a confiança dos investidores.

As recentes ações da Comissão de Valores Mobiliários e Câmbio dos EUA (SEC) contra a Robinhood por supostas violações de títulos relacionadas a listagens de criptomoedas afetaram o sentimento do mercado. 

Orlando Cosme, CEO da Lexproof, observou que a acusação contradiz a classificação da ETH pela SEC como um título, enfraquecendo potencialmente o caso dos reguladores.

Assim, com a expectativa de que a SEC decida sobre o pedido de ETF spot da VanEck em 23 de março e a conversão do fundo ETHE da Grayscale até 18 de junho, o otimismo dos investidores aumentou. Mas, são baixas as chances de aprovação pelo órgão regulador. O Ethereum, recentemente, está com valor acima de $3,050.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img