quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeEthereumBlockfence aponta mais de US$ 32 milhões roubados na rede Ethereum em...

Blockfence aponta mais de US$ 32 milhões roubados na rede Ethereum em golpes com o mesmo padrão

Imagem de Freepik

No último dia (18), a Blockfence publicou um texto em seu site com dados sobre a rede Ethereum. Entre as informações, a página aponta mais de US$ 32 milhões na rede. Confira mais informações sobre esta e outras notícias recentes relacionadas ao mercado digital no texto abaixo.

De acordo com os dados compartilhados pela Blockfence, foram identificados cerca de 1300 casos de rug pulls com o mesmo padrão na rede Ethereum desde abril de 2023. Esses casos resultaram em mais de 42 mil vítimas e em um valor de mais de US$ 32 milhões roubados, o equivalente a 14 mil ETH.

Conforme indicado na postagem, os golpistas se passaram por empresas do setor cripto e por projetos que ainda não tinham promovido o lançamento de seus tokens oficiais. Outro ponto apontado na metodologia desses golpistas foi aproveitar a tendência dos memecoins, batizando suas moedas com nomes parecidos.

Entre as marcas que tiveram seus nomes apropriados por esses esquema, investigado por Eyal Mor e Pablo Sabbatella, esteve a própria Blockfence. Na publicação, é descrito todo o método executado pelos golpistas, como a injeção de falsa liquidez e o desenvolvimento de um volume artificial para atrair possíveis investidores.

O texto de Pablo Sabbatella ressalta que casos de golpes como esses vão se tornar cada vez mais sofisticados no futuro:

“É importante que os usuários entendam que para investir com segurança, eles devem não apenas compreender o ativo que estão comprando (sua proposta de valor, a equipe por trás dele, roadmap, investidores, etc.), mas também implementar medidas e ferramentas de segurança, como analisadores de transação e contrato, carteiras de hardware e multisigs para evitar de serem vítima desse tipo de fraude. Em última análise, você é a única pessoa responsável pela segurança dos seus fundos.”, afirmou Sabbatella.

Metaverso

O mercado digital tem se movimentado com várias notícias sobre o metaverso nos últimos dias. Entre elas, esteve o lançamento do novo metaverso do Microsoft Teams – Mesh. A plataforma afirma que esse novo espaço virtual vai possibilitar a criação de eventos personalizados para atender a diferentes demandas das empresas.

Já no segundo dia da 44ª edição da Feira Internacional de Turismo (Fitur), realizada em Madrid, na Espanha, a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo – Embratur – realizou o lançamento do primeiro metaverso brasileiro de turismo.

Esse metaverso faz parte de uma ação de posicionamento do turismo brasileiro no mercado espanhol, o sexto que mais envia turistas para o Brasil. Carlinhos Brown é o guia oficial desse metaverso e a ação será desenvolvida em parceria com El Corte Inglés.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img