quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeBitcoinCEO da Binance diz que Bitcoin chega aos US$ 80 mil até...

CEO da Binance diz que Bitcoin chega aos US$ 80 mil até o fim de 2024

Richard Teng, CEO da Binance, compartilhou sua projeção otimista para o preço do Bitcoin em 2024, estimando que a criptomoeda chegue a US$ 80 mil até o final do ano. Essa previsão se baseia na expectativa de uma redução na oferta de Bitcoin, devido ao halving ocorrido em 2020, e em uma demanda crescente, impulsionada pela adoção institucional e pela entrada de novos investidores no mercado.

Previsões mais otimistas estima valor do Bitcoin a US$ 250 mil

Teng ressaltou que, embora a trajetória de valorização do Bitcoin não seja linear, com períodos de volatilidade e variações de preço, a tendência de longo prazo é de alta, devido à escassez programada do ativo digital. 

Ele também destacou o papel dos ETFs de Bitcoin lançados nos Estados Unidos. Segundo ele, estão tornando mais fácil para investidores institucionais e individuais acessarem o mercado de criptomoedas.

Mas além da projeção de Teng, o banco britânico Standard Chartered divulgou um relatório no qual estima que o preço do Bitcoin poderá chegar a US$ 150 mil até o final de 2024. Essa previsão representa um aumento em relação a projeções anteriores. Ou seja, reflete a crescente aceitação da criptomoeda como uma classe de ativos legítima e uma reserva de valor alternativa.

O Standard Chartered também revisou sua projeção para o preço do Bitcoin em 2025. Assim, de acordo com o banco, a criptomoeda poderá atingir US$ 250 mil até o final do próximo ano. Assim, a aprovação de ETFs de Bitcoin nos Estados Unidos é fator determinante para o aumento  da legitimidade e da acessibilidade da criptomoeda.

Em resumo, as projeções otimistas de Teng e do Standard Chartered para o preço do Bitcoin são por causa dos seguintes fatores:

  • Confiança crescente no potencial de valorização do ativo digital
  • Aprovação por instituições regulatórias americanas
  • Pela escassez programada 
  • Pelo reconhecimento da criptomoeda como uma reserva de valor alternativa ao ouro e outras classes de ativos tradicionais
Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img