segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
HomeRegulamentaçãoChina faz alerta a seus cidadãos e instituições que residem em Angola...

China faz alerta a seus cidadãos e instituições que residem em Angola sobre mineração de criptomoedas

Por meio de nota, a China alertou seus cidadãos e instituições residentes em Angola sobre a lei que proíbe a mineração de Criptomoedas e outros ativos virtuais. Confira mais informações sobre esta e outras notícias recentes relacionadas ao mercado digital no texto abaixo. Entre elas, duas plataformas vão remover criptomoedas nos próximos dias.

Image by freepik

A China é conhecida por sua política que proíbe transações por meio de criptomoedas e até mesmo por outras políticas contrárias ao setor.

No último dia 12, o país fez um alerta aos seus cidadãos e também às instituições chinesas que residem em Angola. Desde o último 10, entrou em vigor uma lei do país africano que proíbe a mineração de criptomoedas e outros ativos virtuais, podendo resultar, por exemplo, em prisão por um período de cinco anos. A utilização da rede elétrica para o processo de mineração pode resultar em uma pena ainda maior (3 a 12 anos).

Dessa forma, o governo chines pede, entre outros pontos, para que seus cidadãos e instituições respeitem as leis de Angola. Outro ponto do alerta diz respeito a seguir as regras sobre o uso de energia elétrica conforme a legislação angolana.

A nota da embaixada chinesa também destacou que, desde o ano passado, cidadãos do país já foram responsabilizados legalmente nesse contexto.

Por fim, o texto pede para que a população tome cuidado com suas informações pessoais.

A Tailândia também se movimentou em relação ao mercado digital recentemente.

Mais notícias

O mercado tem entregue várias outras notícias de destaque ao longo dos últimos dias.

A CoinEx informou que vai cessar depósitos e negociações de RMRK na próxima quarta-feira (24). Já os serviços de retirada da criptomoeda terão fim no dia 24 de julho.

A HTX, por sua vez, também agendou uma ação para a próxima quarta-feira. A plataforma vai remover dezesseis pares de negociação. Confira os nomes desses pares a seguir:

KCAL/USDD

ETC/BTC

APT/USDD

DGB/BTC

ARDR/BTC

EUR/USDT

GBP/USDT

USDT/TRY

USDT/BRL

USDT/RUB

USDT/UAH

BTC/RUB

BTC/TRY

BTC/UAH

BTC/GBP

BTC/BRL

Por fim, vale lembrar que interessados podem consultar todos os registros de participações na recente consulta pública do Banco Central sobre o mercado de criptoativos no site do BC. A consulta acumulou mais de 200 participações.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img