segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
HomeNegóciosComo o conflito Irã-Israel abalou o mercado de criptomoedas

Como o conflito Irã-Israel abalou o mercado de criptomoedas

O mundo das criptomoedas foi abalado neste sábado (13), quando o mercado sofreu uma queda acentuada em resposta ao agravamento das tensões geopolíticas no Oriente Médio. O Bitcoin, o Ethereum e outras criptomoedas importantes viram suas cotações caírem quase 10% após o Irã lançar um ataque contra Israel.

Mesmo sem uma relação direta, preços das criptomoedas é afetado

Segundo a Reuters, o Irã enviou dezenas de drones em direção a Israel na noite de sábado. Esses drones foram vistos cruzando o espaço aéreo iraquiano, em um evento que a Iranian Press TV descreveu como “ataques extensos de drones” realizados pelos Guardas Revolucionários.

O impacto no mercado de criptomoedas foi imediato e severo. Dessa forma, o Bitcoin, que havia atingido um recorde mais cedo no dia, perdeu rapidamente mais de 8% de seu valor. A criptomoeda caiu de US$ 68.000 para aproximadamente US$ 62.000 em apenas uma hora.

O Ethereum e outras altcoins também sofreram quedas acentuadas, com o Ethereum caindo 9% para cerca de US$ 3.000. Mas esta é a primeira vez que o Irã lança um ataque a partir de seu território contra Israel. Então, as autoridades dos EUA estão preocupadas que uma retaliação israelense contra o Irã possa levar a outra escalada regional.

Investidores e analistas atribuem a volatilidade do mercado ao aumento da incerteza decorrente das tensões geopolíticas. Ou seja, a escalada repentina no conflito entre Irã e Israel provocou um movimento em direção a ativos mais seguros. Isso fez aumentar a venda de investimentos mais arriscados, como as criptomoedas.

Mas embora a correlação entre eventos geopolíticos e movimentos do mercado de criptomoedas não seja direta, o impacto foi evidente. O mercado mais amplo de criptomoedas, incluindo altcoins como Solana e Binance Coin, refletiu a queda do Bitcoin, perdendo coletivamente bilhões em capitalização.

Outras criptos sofreram impacto também

Por isso, à medida que as tensões continuam a aumentar no Oriente Médio, os investidores se preparam para mais volatilidade no mercado. A única saída é continuar  monitorando os acontecimentos que podem influenciar os preços das criptomoedas nos próximos dias.

Enquanto isso, o mercado de criptomoedas enfrentou uma grande quantidade de liquidações, com cerca de US$ 876 milhões liquidados nas últimas 24 horas.

Além disso, as memecoins, conhecidas por sua volatilidade e especulação, também sofreram perdas substanciais, com tokens como Dogecoin (DOGE), Shiba Inu (SHIB), PepeCoin (PEPE), dogwifhat (WIF) e Floki Inu (FLOKI) experimentando quedas de dois dígitos.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img