sexta-feira, maio 24, 2024
spot_img
HomeNegóciosDocumento aponta futuro incerto para a Bakkt

Documento aponta futuro incerto para a Bakkt

Um documento entregue pela Bakkt à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos – SEC, sigla em inglês – apontou um futuro incerto para a empresa. A questão financeira é um ponto importante para os próximos meses. Confira mais informações sobre esta e outras notícias recentes relacionadas ao mercado digital no texto abaixo.

O relatório trimestral da Bakkt, registrado na SEC nesta quinta-feira (8), aponta um futuro incerto para a plataforma de serviços de criptomoedas. O texto indica uma situação financeira complicada para a empresa, que deve tentar reverter esse estado ao longo dos próximos 12 meses para que possa seguir operando, como dito abaixo:

“Como atualmente não somos capazes de gerar lucro operacional sustentável e fluxos de caixa suficientes, determinamos que o nosso sucesso futuro dependerá da nossa capacidade de levantar capital. Estamos buscando financiamento adicional e avaliando alternativas de financiamento para atender às nossas necessidades de caixa para os próximos 12 meses… Se não conseguirmos obter fundos quando necessário ou em termos aceitáveis, poderemos ser obrigados a reduzir os nossos atuais programas de expansão da plataforma, cortar custos operacionais, renunciar ao desenvolvimento futuro e outras oportunidades ou mesmo encerrar as nossas operações”

Mercado Digital

Muitas outras notícias têm chamado atenção recentemente no mercado digital. Entre elas, o desenvolvedor da Dogecoin, Thimothy Stebbing , comentou sobre o estado atual da criptomoeda na rede social X:

“Dogecoin está doente no momento. Estamos sendo contatados por uma série de exchanges dizendo que a Dogecoin está travada/não responde, etc. Sabemos que o problema são inscrições obstruindo a rede, e desenvolvedores em geral, core, fdn, etc. agora estão juntando suas mentes em várias ideias, do amigável ao extremo, para proteger a rede Dogecoin, priorizando a moeda.”

Em outro tópico, os interessados já podem se inscrever no concurso público da CVM. A Comissão está ofertando 60 vagas entre os cargos de Analista e Inspetor.

De acordo com o edital, criptomoedas e blockchain estão entre os conhecimentos específicos exigidos para algumas das vagas.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img