quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeNegóciosEm meio às incertezas após ataques as carteiras dos seus usuários, Atomic...

Em meio às incertezas após ataques as carteiras dos seus usuários, Atomic Wallet coleciona comentários e dúvidas no Twitter

Usuários da plataforma estão preocupados com a maneira como a parcela do dinheiro recuperado poderá ser distribuída.

Imagem de Freepik (https://br.freepik.com/fotos-gratis/belo-conceito-de-criptomoeda_22126363.htm#query=criptomoedas&position=40&from_view=search&track=sph”>Freepik</a>)

Um dos pontos altos da semana até aqui no mundo dos criptoativos foi o recente caso de carteiras digitais comprometidas dos usuários da Atomic Wallet. Enquanto as informações vão se desenrolando e a empresa segue entregando pronunciamentos em sua conta no Twitter, também aumenta o número de comentários sobre a situação.

Neste texto, vamos trazer alguns dos questionamentos que a Atomic Wallet tem recebido em resposta às suas publicações no Twitter sobre o caso:

A primeira postagem da Atomic Wallet sobre os ataques às carteiras virtuais de seus usuários foi feito no dia 3 de junho. Naquele momento, a empresa utilizou o termo “carteiras comprometidas” para se referir à questão. Confira abaixo:

“Recebemos relatos de carteiras comprometidas. Estamos fazendo todo o possível para investigar e analisar a situação. À medida que tivermos mais informações, iremos compartilhá-las em conformidade”

Entre os comentários daquela postagem, alguns membros da rede social demonstraram tristeza e empatia por outros usuários ao saber da notícia.

O usuário @JonasSkogby comentou o seguinte:

“Isto é sério! Sinto muito por todos esses usuários…espero que a minha (carteira) esteja segura”

Em sua segunda postagem, publicada no dia 4 de junho, a Atomic Wallet ressaltou que menos de 1% dos usuários haviam sido impactados nesta situação.

“No momento, menos de 1% de nossos usuários ativos mensais foram afetados/reportaram. A última transação drenada foi confirmada há mais de 40h.

A investigação de segurança está em andamento. Relatamos os endereços das vítimas às principais bolsas e análises de blockchain para rastrear e bloquear os fundos roubados.”

Entre as respostas da postagem, o usuario @flashingcursor comentou:

“Interessante. @AtomicWallet afirmou claramente que há um problema causando o esgotamento das carteiras, que menos de 1% dos usuários ativos foram afetados (esse número, na verdade, representa MUITOS usuários), mas não dá nenhuma indicação do problema ou possíveis formas de mitigar”

Com o tempo muitos pedidos sobre mais informações foram se juntando aos comentários de pessoas preocupadas com o caso.

Foi na noite de ontem (6) que a Atomic Wallet falou pela primeira vez em suas publicações sobre um “ataque hacker”:

“Continuamos a trabalhar com as principais empresas de análise de blockchain para rastrear fundos roubados. Parte já está bloqueada em cooperação com as principais bolsas. Segundo os detetives, o ataque foi coordenado por uma equipe de hackers profissionais. A investigação de segurança ainda está em andamento”

Mais uma vez, os comentários cobraram mais informações da empresa, mas houve quem demonstrou apoio a plataforma e ao seu futuro. 

@TheCoinKing1980 escreveu:

“Atomic, todos vocês devem estar preparados para hackers profissionais, porque deveriam ser criadores profissionais neste espaço. Seu suporte ao cliente foi excelente enquanto estava com vocês e espero que todos saiam disso com sucesso. Eu amaria ver vocês neste espaço daqui a 20 anos.”

Outra preocupação que os comentários demonstraram foi a respeito da maneira como a parcela dos fundos roubados que foi bloqueada viria a ser distribuída entre os afetados.

Até o momento, centenas de comentários foram feitos nas publicações da Atomic Wallet.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img