sexta-feira, maio 24, 2024
spot_img
HomeBitcoinGreenpeace publica relatório associando a indústria de mineração de Bitcoin com grupos...

Greenpeace publica relatório associando a indústria de mineração de Bitcoin com grupos poluidores

No último dia 19, o Greenpeace publicou e divulgou um relatório que associa a indústria de mineração de Bitcoin com grupos poluidores e negacionistas das mudanças climáticas. Confira mais informações sobre esta e outras notícias recentes relacionadas ao mercado digital no texto abaixo.

Em sua conta na rede X, os representantes dos Estados Unidos do Greenpeace divulgaram o novo relatório da organização:

“@GreenpeaceEUA acaba de lançar um novo relatório explosivo expondo os laços profundos entre a indústria de combustíveis fósseis, os negacionistas da direita do clima e a crescente rede de lobby que promove um plano para salvar usinas sujas de carvão e gás com #Bitcoin”

O documento completo está disponível para acesso na página do Greenpeace e conta com um total de 36 páginas.

Entre outros pontos, a organização afirma que o Bitcoin emite tanto gás de efeito estufa quanto alguns países industrializados. Da mesma forma, declara que a maior parte da energia usada na mineração do ativo virtual vem do carvão e do gás.

Visão Contrária

Em contrapartida ao documento, membros da rede X alegaram que o relatório contém erros e informações desatualizadas, entre outros pontos. Na postagem do @GreenpeaceEUA há uma notificação baseada nos comentários dessa parcela do público:

“O artigo contém muitos erros factuais, como a contabilidade falha por transação de energia, e informações desatualizadas e imprecisas, como a proporção de combustíveis fósseis utilizados como fonte de energia. Hoje em dia a maior parte da energia utilizada pela mineração de Bitcoin é renovável…”

Mais Notícias

Muitas outras pautas estão em alta no momento. Entre elas, diferentes instituições têm realizado anúncios relacionados ao mercado digital. A Polícia do Reino Unido comunicou ao público a maior apreensão de bitcoin da história união de países.

A OKX, por sua vez, informou aos seus clientes na Índia que encerrou suas atividades no país. Alguns desses usuários compartilharam o e-mail enviado a eles pela corretora. De acordo com as informações, os clientes têm até as 12 horas da manhã (UTC) do dia 30 de abril de 2024 para concluir as seguintes ações:

  • Precisam fechar todas as posições de margem, assim como posições em perpétuos, futuros, e opções.
  • Resgatar todos os fundos de produtos Grow: Earn, Loan, Jumpstart.
  • Retirar todos os fundos de suas contas.

Segundo a OKX, usuários ainda poderão sacar fundos após essa data, mas outras funções se tornarão indisponíveis.

“Seus fundos permanecerão seguros e disponíveis em sua conta para você retirá-los”, afirmou a OKX.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img