segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
HomeBitcoinLONDON: a criptomoeda que pode transformar Londres em uma Cidade Cripto

LONDON: a criptomoeda que pode transformar Londres em uma Cidade Cripto

Brian Rose, candidato à prefeitura de Londres, prometeu uma revolução financeira caso seja eleito. Ele propõe a criação de uma nova criptomoeda chamada LONDON, que seria distribuída aos residentes da cidade. Rose acredita que a iniciativa ajudará a familiarizar os londrinos com as criptomoedas e a posicionar Londres como um centro de ativos digitais. Além disso, a proposta visa oferecer educação financeira à população.

Criptomoeda pode mudar o futuro de Londres

Rose é um entusiasta da tecnologia blockchain e fundador do London Real. Assim, para ele, o token LONDON como uma solução para o descontentamento público com os abusos de poder e a falta de responsabilidade do setor financeiro, especialmente após a crise de 2008.

Portanto, a proposta de Rose inclui a criação de um fundo de liquidez de 1 bilhão de libras para a criptomoeda. Um imposto único de 1% sobre os lucros das principais instituições financeiras de Londres, conhecido como “imposto TradFi”, financiará este fundo.

“O token LONDON permitirá que os londrinos tenham uma relação real com seu dinheiro.” – declarou Rose. “Então, eles poderão segurá-lo, ganhar juros, economizar, negociar, fazer staking, tudo isso usando protocolos de finanças descentralizadas diretamente de seus telefones.”

A criptomoeda LONDON será aceita em toda a rede de transporte de Londres, permitindo pagar contas do conselho, taxas de estacionamento e outras despesas. Ou seja, isso proporcionará uma injeção de fundos adicionais na economia da cidade.

Três vantagens que as criptomoedas podem trazer para Londres:

  • Inclusão Financeira. A distribuição de criptomoedas pode ajudar a familiarizar os cidadãos com a tecnologia blockchain e as finanças digitais. Então, isso aumentaria  a inclusão financeira.
  • Estímulo Econômico. A injeção de criptomoedas na economia poderia estimular o gasto e o investimento, beneficiando a economia local.
  • Inovação Tecnológica. Ao adotar criptomoedas, Londres poderia se posicionar como um líder em inovação tecnológica. Assim, poderia atrair empresas e talentos do setor de tecnologia.

O candidato imagina isso como um passo inicial para estabelecer Londres como a primeira “cidade primeiramente cripto” do mundo. A proposta é ousada e inovadora, mas só o tempo dirá se ela será bem-sucedida.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img