domingo, maio 26, 2024
spot_img
HomeBitcoinNos últimos 14 meses Bitcoin bate recorde em transações

Nos últimos 14 meses Bitcoin bate recorde em transações

O Bitcoin registrou um recorde de transações nos últimos 14 meses. Isso é considerado uma conquista sem precedentes desde setembro de 2022, segundo dados do TheBlock. O aumento significativo no volume de transações sugere uma atividade comercial robusta na rede. Ou seja, não somente de volume, mas com mais usuários envolvidos na transferência e aquisição de Bitcoin (BTC).

NFTs contribuíram para o aumento do Bitcoin. Imagem: Divulgação

NFTs contribuíram para o aumento do Bitcoin

De acordo com informações fornecidas pela plataforma analítica TheBlock, o volume de transações em janeiro deste ano alcançou a marca de 1,2 trilhão, representando um aumento expressivo em comparação com todos os meses de 2023.

Assim, dois fatores contribuíram para esse volume de transações: 

  • O aumento na negociação de Tokens Não Fungíveis (NFTs) através do protocolo Ordinals 
  • O crescente entusiasmo em torno dos ETFs spot de Bitcoin aprovados nos Estados Unidos 

A negociação de NFTs na rede Bitcoin ganhou força desde o início de 2023, atingindo um novo recorde histórico em dezembro passado, coincidindo com a listagem do token BRC-20 Sats (1000SATS) na Binance.

Além disso, o protocolo Ordinals, que facilita a criação tanto de tokens não fungíveis quanto de tokens fungíveis (BRC-20), desempenhou um papel fundamental nesse cenário. 

Outro evento relevante foi o lançamento da coleção de tokens BRC-20 dos Ordinals do DragonVerse em 3 de fevereiro, o que elevou o preço das transações de US$ 2 para US$ 30 na época.

Além disso, a aprovação de 11 ETFs spot de Bitcoin nos Estados Unidos em 10 de janeiro contribuiu significativamente para o aumento no volume de transações. 

O fundo pertencente à BlackRock (IBIT) viu um aumento notável em sua participação na moeda digital, ultrapassando o Grayscale (GBTC) em volume diário de negociação. O IBIT detém atualmente mais de 70.000 BTC desde o início das negociações na bolsa de valores dos EUA.

Portanto, a análise da Glassnode destaca que o aumento no volume de transações não está correlacionado com a realização de lucros massivos. Pelo contrário, é sugerido que a maioria dos detentores de BTC permaneça firme. 

O que está acontecendo é justamente a intensificação da atividade comercial pelo crescente interesse e participação no mercado de Bitcoin.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img