sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomeNegóciosEm e-mails, OKX comunica aos seus clientes que encerrou suas atividades na...

Em e-mails, OKX comunica aos seus clientes que encerrou suas atividades na Índia

A corretora OKX comunicou aos seus clientes que encerrou suas atividades na Índia. As informações foram divulgadas por meio de e-mails. Confira mais detalhes sobre esta e outras notícias recentes relacionadas ao mercado digital no texto abaixo. Entre elas, a Polícia do Reino Unido anunciou a maior apreensão de bitcoins da história da união de países.

Nesta quarta-feira (21), usuários da rede social X compartilharam imagens de e-mails que receberam da corretora OKX informando o fim de suas operações na Índia.

Em um dos prints divulgados, a OKX relaciona esse fim à regulamentação do país. A corretora informa que devido a isso, seus usuários deverão cumprir uma série de ações:

  • Precisam fechar todas as posições de margem, assim como posições em perpétuos, futuros, e opções.
  • Resgatar todos os fundos de produtos Grow: Earn, Loan, Jumpstart.
  • Retirar todos os fundos de suas contas.

De acordo com o texto, a data limite para que os usuários completem essas ações é o dia 30 de abril de 2024, às 12h da manhã (UTC).

“Depois dessa data, nós vamos restringir sua conta. Você ainda vai poder sacar fundos, mas outras funções se tornarão indisponíveis. Seus fundos permanecerão seguros e disponíveis em sua conta para você retirá-los.

Obrigado por sua compreensão. Pedimos desculpas por quaisquer inconveniências que isso possa gerar…”, comunicou a exchange.

Mais Notícias

Membros do mercado digital tem prestado atenção em muitas outras notícias de destaque recentemente. No último dia 18, a Polícia do Reino Unido anunciou a maior apreensão de bitcoins da história da união de países.

De acordo com o comunicado, a Polícia Metropolitana associou Jian Wen, 42, condenada pela lavagem de 150 bitcoins, a uma operação de fraude de criptomoedas muito maior. Como resultado, as autoridades apreenderam 61 mil bitcoins, estimados em £ 3.4 bilhões ou cerca de R$ 21 bilhões. Esse é um recorde no Reino Unido.

“Wen, 42 anos (25.12.81), de Parade Mansions, Hendon, foi considerada culpada na segunda-feira, 18 de março, após um julgamento no Tribunal da Coroa de Southwark, por entrar ou se envolver em um acordo de lavagem de dinheiro.

O tribunal escutou como a origem da criptomoeda era uma fraude de investimento na China. Wen organizou a movimentação e os pagamentos do Bitcoin apreendido, tendo plena consciência de que ele havia sido financiado por meio da criminalidade”, informou a Polícia do Reino Unido.

Mais Notícias

Entre outras notícias recentes, o Governo da Argentina informou que a Comissão Nacional de Valores do país vai supervisionar, regular, inspecionar, fiscalizar e sancionar prestadores de serviços de ativos virtuais. A CNV também vai criar um registro desses prestadores.

Por fim, a Worldcoin publicou o relatório da auditoria promovida em suas orbs pela Trail of Bits.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img