quinta-feira, junho 13, 2024
spot_img
HomeBitcoinPagCripto inova com implementação da segregação patrimonial

PagCripto inova com implementação da segregação patrimonial

A PagCripto, corretora de criptomoedas, anunciou recentemente uma medida inovadora: a individualização das contas de seus clientes. Assim, com essa iniciativa, a empresa se posiciona à frente do mercado, adotando a segregação patrimonial antes mesmo de qualquer exigência legal.

Segregação Patrimonial

Então, a partir de agora, cada cliente da PagCripto receberá seus valores em reais por meio de uma conta bancária em seu próprio nome. “Decidimos individualizar as contas para garantir que os fundos dos clientes fiquem isolados e protegidos.” – afirmou Carlos Lain, CEO da PagCripto.

A empresa firmou parceria com um banco para gerenciar o volume de negociações, abrindo contas individuais para cada cliente. Dessa forma, apenas os valores transacionados serão movimentados, garantindo clareza e segurança nas operações. 

A individualização das contas está alinhada com a proposta do Projeto de Lei 4932/2023, atualmente em tramitação na Câmara dos Deputados. Essa lei estabelece requisitos rigorosos para prestadores de serviços de ativos virtuais. Isso inclui a individualização de contas para transferência de recursos entre usuários e prestadores de serviços. Há também a proibição da oferta ou negociação de derivativos sem autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

PagCripto quer proporcionar maior segurança e liquidez

Assim, no que diz respeito à propecção de novos clientes, a principal motivação da PagCripto é garantir que o dinheiro dos seus investidores não seja utilizado pela corretora. O objetivo é garantir a liquidez das operações. 

Por isso, a empresa está comprometida com a democratização do acesso às criptomoedas e quer oferecer aos seus clientes uma plataforma segura para compra, venda e custódia de ativos digitais. 

A empresa se alinha às melhores práticas de governança financeira e valoriza a educação financeira, promovendo a inclusão digital. Dessa forma, ajuda investidores de todos os perfis a entender e utilizar as criptomoedas de forma segura e eficaz.

Em resumo, a individualização das contas na PagCripto representa um avanço significativo no mercado de criptomoedas no Brasil. Pois essa medida não apenas aumenta a segurança e transparência das operações, mas também fortalece a confiança dos clientes na corretora. 

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img