sexta-feira, maio 24, 2024
spot_img
HomeNegóciosPautas que marcaram a semana - 11/02 a 16/02

Pautas que marcaram a semana – 11/02 a 16/02

Mais uma vez, a semana foi marcada por várias pautas de destaque relacionadas ao mercado digital. Relembre algumas delas no texto abaixo.

Competição

Mark Zuckerberg aqueceu a competição entre Meta e Apple no ramo dos óculos de realidade de virtual. Na última terça-feira (13), o CEO da Meta publicou um vídeo na rede social Instagram comparando os produtos de ambas as empresas.

Ao longo do vídeo, Zuckerberg destacou diferentes características do Quest 3 que diz serem superiores ao Vision Pro. Em um dos momentos, ele afirmou:

“Quando eu olho, parece que muitas pessoas assumem que o Vision Pro teria maior qualidade porque é da Apple e custa US$ 3 mil a mais. No entanto, estou realmente surpreso que Quest é tão melhor para a maioria das coisas para as quais pessoas usam esses headsets.”

Em menos de dois dias, o vídeo acumulou mais de 4.8 milhões de reproduções.

Em Chamas

Há mais de dois dias, Bombeiros voluntários estão tentando apagar as chamas de um prédio em construção na Cidade do Leste, no Paraguai. A notícia também virou pauta de destaque no mercado digital.

Isso porque o jornal La Clave informou que os bombeiros encontraram máquinas de mineração de criptomoedas nos andares 11 e 12 do prédio. De acordo com o veículo, esta pode ser uma das maiores fazendas de mineração de criptomoedas do país.

Pesquisa

Três pesquisadores da Coin Metrics realizaram um estudo sobre os custos de ataques ao Bitcoin e ao Ethereum.

“Nossas descobertas sugerem que o estado atual de segurança do Bitcoin e do Ethereum tornam os ataques economicamente inviáveis e fornecem evidência empírica do Equilíbrio de Nash nessas redes”, destacaram Lucas Nuzzi, Kyle Waters e Matias Andrade no abstract do documento.

Bugs

Abordando com frequência a questão da segurança dos dados de seus usuários, a Worldcoin anunciou um programa de recompensa para caça a bugs no seu protocolo de segurança.

Segundo o projeto, as recompensas serão calculadas usando o Common Vulnerability Scoring System (CVSS) e vão variar de acordo com o grau de gravidade.

“O lançamento público dos primeiros programas de recompensa por bugs da Worldcoin é um passo importante para a construção e manutenção de um protocolo que seja robusto, seguro e disponível para todos os seres humanos”, destacou a Worldcoin.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img