segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
HomeNegóciosBarça Vision - clube espanhol anuncia novos sócios da holding de seu...

Barça Vision – clube espanhol anuncia novos sócios da holding de seu projeto

Image by Freepik

O clube espanhol Barcelona anunciou nesta sexta-feira (11) novos sócios da Holding do seu projeto Barça Vision. No Barça Vision, a marca esportiva reúne todo o seu conteúdo digital por meio do Web3, incluindo suas iniciativas no ramo de NFTs e metaverso. Confira mais detalhes no texto abaixo.

De acordo com o Barcelona, a LIBERO football finance AG e também investidores privados assessorados pela empresa NIPA Capital BV compraram 29,5% da propriedade do Barça Vision. Para isso, eles desembolsaram um valor de € 120 milhões. Esse valor de propriedade é correspondente à participação da Socios.com e Orpheus Media.

No anuncio, o Barcelona ressalta a atuação do LIBERO football finance AG com clubes esporte:

“A empresa alemã LIBERO football finance AG, listada publicamente no Mercado Regulamentado da Bolsa de Valores de Frankfurt (ISIN: DE000A161N22), é especializada em apoiar clubes de futebol de forma holística em todas as questões de financiamento e lucratividade e oferece serviços de consultoria totalmente abrangentes em todas questões economicas dos clubes de futebol profissional”.

Fan Tokens 

O mundo esportivo está cada vez mais atrelado ao mercado digital, com isso fan tokens tem se tornado repetidamente temas de matérias.

Recentemente, por exemplo, Valência e Juventus promoveram votações na plataforma da Socios.com para que os portadores dos seus fan tokens definissem os novos designs dos ônibus de suas respectivas equipes.

Mercado Digital

O mercado digital como um todo tem se movimentado com grandes notícias recentemente. No Brasil, o Banco Central anunciou na última segunda-feira (7), o nome da moeda digital brasileira. A instituição a batizou de “Drex”.

“Na marca, desenvolvida pelo BC, a combinação de letras forma uma palavra com sonoridade forte e moderna: “d” e “r” fazem alusão ao Real Digital; o “e” vem de eletrônico e o “x” passa a ideia de modernidade e de conexão, do uso de tecnologia de registro distribuído (Distributed Ledger Tecnology – DLT), tecnologia adotada para o Drex, dando continuidade à família de soluções do BC iniciada com o Pix”, destacou o BC em nota.

Em junho, o Banco Central recebeu, por meio do decreto Nº 11.563, DE 13 DE JUNHO DE 2023, o papel de regular a prestação de serviços de ativos virtuais no país. Desde então, o BC também anunciou que está trabalhando em Editais de Consulta Pública para recolher opiniões de especialistas e do público geral sobre o seu novo papel.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img