terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeNegóciosCoinEx divulga novas informações sobre retomada de seus serviços

CoinEx divulga novas informações sobre retomada de seus serviços

Image by Freepik

Um dia após informar que havia realizado a atualização dos endereços de depósito de todos os seus cripto ativos, a CoinEx voltou a se pronunciar com uma nova nota em seu site. A exchange divulgou mais informações sobre a retomada de seus serviços de depósito e retirada.

No dia 12 de junho, a CoinEx anunciou ao público que havia sofrido um incidente de segurança, com movimentações anômalas em sua carteira. Como ação consequente, os serviços da CoinEx foram paralisados e seu sistema de carteira foi reconstruído e reimplantado.

Na última quinta-feira (21), por meio de um novo comunicado, a empresa informou que havia atualizado o endereço de depósito de todos os seus criptoativos, alertando aos usuários para que não utilizassem os endereços antigos:

“Observe que novos endereços de depósito serão gerados para todos como parte deste sistema aprimorado. Todos os endereços de depósito antigos NÃO serão mais válidos. Por favor, NÃO use nenhum endereço de depósito antigo que você possa ter salvo – Os endereços antigos NÃO funcionarão mais e os ativos enviados a eles serão perdidos permanentemente. Certifique-se de verificar se está usando o novo endereço antes de depositar.”

O mais recente comunicado da exchange, publicado nesta sexta-feira (22), reforça que a retomada dos serviços de depósito e retirada ocorrerá de forma gradual. Os serviços de 190 criptomoedas já foram retomados:

“O sistema de carteira está operando de forma segura e constante no momento. Retomaremos gradualmente os serviços de depósito e retirada para as mais de 500 criptomoedas restantes. Como a retomada das operações será processada com frequência, não haverá anúncios adicionais ou separados para cada criptomoeda.”

Regulamentação

Quem acompanha o mercado digital sabe que o tema regulamentação ainda está em alta. Recentemente, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) )publicou um vídeo no qual explica porque não regula os ativos conhecidos como Fan Tokens:

“Fan Tokens não são considerados valores mobiliários, porque no momento eles não possuem noção de investimento, ou seja, eles não são ofertados com o objetivo de oferecer um retorno financeiro para a pessoa que investir nele. Então, fique atento, Fan Tokens não são valores mobiliários e por isso não são regulados pela CVM”, explicou Antonio Carlos Berwanger, Superintendente de Desenvolvimento de Mercado da CVM.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img