sábado, maio 25, 2024
spot_img
HomeRegulamentaçãoIA e dados pessoais - segurança tecnológica é pauta que está em...

IA e dados pessoais – segurança tecnológica é pauta que está em alta

A semana está em andamento e a segurança tecnológica está como pauta de destaque nas publicações de instituições de destaque. Confira algumas das notícias que atraíram o olhar do público nesse contexto recentemente.

Dados Pessoais

As iniciativas de projetos tecnológicos trazem consigo muitos debates na sociedade e preocupação por parte dos órgãos reguladores.

A Worldcoin é um dos projetos que têm reforçado o trabalho que desempenha para manter a segurança dos dados de seus usuários. Recentemente, o blog da Worldcoin publicou textos sobre o relacionamento do projeto com formuladores de políticas e como se mantém atento ao compliance.

Já no último dia 13, em um novo texto, a Worldcoin abordou suas práticas de segurança de maneira minuciosa. Um dos pontos abordados foi o trabalho de segurança nas orbs que lidam com a biometria dos usuários.

“Integrados ao hardware do orb estão diversos recursos de segurança projetados para garantir que nenhum dado possa ser acessado por alguém não autorizado. Isso inclui duas chaves criptográficas exclusivas, ambas gravadas permanentemente no hardware do Orb: uma que é provisionada na CPU principal antes da fabricação e outra localizada em um elemento seguro que não pode ser exportado. O orbe não funcionará a menos que ambas as chaves sejam válidas e seus ambientes estejam intactos, e nenhum código pode ser executado nele sem uma assinatura criptográfica”, apontou a Worldcoin em seu texto.

Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial, utilizada no campo do metaverso e no campo econômico, tomou as páginas das notícias nesta quarta-feira (14).

A União Europeia anunciou a aprovação de um acordo temporário para a regulamentação da Inteligência Artificial, após votação dos Comitês Internacionais de Mercado e Liberdades Civis.

O Parlamento Europeu divulgou a novidade por meio de um release e nas redes sociais nesta quarta-feira (7). Em um release, a instituição apontou os seguintes objetivos para esse acordo: proteger direitos fundamentais, a democracia, a lei e a sustentabilidade ambiental.

“O acordo proíbe determinados usos de IA que ameaçam os direitos dos cidadãos, incluindo sistemas de categorização biométrica baseados em características sensíveis, recolha não direcionada de imagens faciais da Internet ou imagens CCTV para bases de dados de reconhecimento facial, reconhecimento de emoções em locais de trabalho e escolas, pontuação social, policiamento preditivo baseado exclusivamente na definição do perfil de uma pessoa ou na avaliação das suas características, e IA que manipula o comportamento humano ou explora as vulnerabilidades das pessoas.”

Confira como foram os votos dos Estados-membros:

A favorContraAbstenções
7187

Mais

Vale lembrar que estão abertas as inscrições para o concurso público da Comissão de Valores Mobiliários.

Corretores utilizaram seus sites para novos anúncios nesta quarta-feira.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img