terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeMetaversoMetaverso, IA e robótica são temas do Dia Mundial da Saúde

Metaverso, IA e robótica são temas do Dia Mundial da Saúde

No Dia Mundial da Saúde, celebrado em 7 de abril, é importante destacar o papel crucial dos avanços tecnológicos no acesso e melhoria dos serviços médicos. Segundo um estudo do TechTarget, 41% das empresas do setor aumentaram o orçamento de TI em 2023. Assim, para 30% dessas empresas, automação, IA e ciência de dados são prioridades de investimento nos próximos dois anos. 

Metaverso já é uma realidade na medicina

“Tais tecnologias proporcionam maior acesso aos serviços de saúde e melhoram a experiência de pacientes, uma vez que reduzem a distância e o tempo de diagnóstico. Por outro lado, elas auxiliam na tomada de decisão com base na análise de dados em tempo real.” – destaca Rogério Athayde, CTO da keeggo.

Inovações como medicina personalizada, tecnologia vestível e detecção de doenças degenerativas com um simples exame de retina foram recentemente apresentadas no SXSW, evento que aconteceu em fevereiro no Texas. “A inovação também abre portas para empresas de tecnologia criarem novos negócios, desde a gestão hospitalar até sistemas de prontuário digital.” – diz Athayde.

Assim, as principais tendências de tecnologia no setor de saúde, segundo o mercado, incluem Inteligência Artificial, ciência de dados e metaverso. Uma pesquisa da IDC, patrocinada pela Microsoft, revela que 79% das organizações já estão utilizando a Inteligência Artificial em suas operações. 

Então, em um futuro não tão distante de 12 meses, 65% das empresas brasileiras de saúde reconhecem que a IA generativa melhorará a qualidade de produtos e serviços. Além disso, 52% acreditam que aumentará a confiança com stakeholders, conforme a 27ª Global CEO Survey, pesquisa anual da PwC.

Metaverso, IA e Robótica, juntas, vão revolucionar a medicina 

Levantamento realizado pela Phillips sobre o futuro da saúde aponta que a análise preditiva e o uso de dados são tendências para o biênio 2024/2025. 

Ou seja, para 75% dos líderes de saúde brasileiros, o uso da ciência de dados pode melhorar a experiência do paciente. Além disso, 70% deles acreditam que a análise preditiva pode aprimorar a gestão de saúde da população.

Até 2033, o metaverso deve gerar R$ 2,5 trilhões no setor de saúde. A telemedicina e novos procedimentos cirúrgicos são os principais impulsionadores dessa projeção. Portanto, segundo relatório da Spherical Insights, divulgado em fevereiro, espera-se que o tamanho do mercado global do metaverso na área da saúde cresça de US$ 8,97 bilhões (R$ 45,44 bilhões), em 2023, para US$ 496 bilhões (R$ 2,51 trilhões), em 2033.

“As tecnologias, principalmente aquelas relacionadas à IA e robótica, revolucionam a maneira como conectamos pessoas aos serviços de saúde. Elas permitem a troca de informações entre pacientes e médicos simultaneamente. Além disso, aceleram e tornam a coleta, a análise e os resultados mais eficientes.” – complementa Athayde. 

Portanto, o futuro da saúde é promissor e a tecnologia será a grande aliada nessa jornada.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img