sábado, maio 25, 2024
spot_img
HomeMetaversoO metaverso não ‘flopou’, é você que está por fora das estratégias...

O metaverso não ‘flopou’, é você que está por fora das estratégias das empresas

Empresas brasileiras e multinacionais, de forma discreta, estão adotando tecnologias avançadas. Estão incluindo até a IA (inteligência artificial ) para impulsionar a eficiência e a segurança em suas operações. Portanto, sem você saber, o foco agora é o “metaverso industrial”, um simulacro digital que agora abrange setores desde petróleo e mineração até saúde e automobilística.

Petrobras usa metaverso na extração de petróleo para maior segurança. Imagem: Divulgação

Petrobras usa metaverso na extração de petróleo para maior segurança

A Renault, visando cortar despesas e otimizar a produção, investe no metaverso industrial. A montadora projeta economizar US$ 330 milhões até 2025, replicando virtualmente suas fábricas globalmente. 

Dessa forma, este avanço permite não apenas visualização remota, mas também treinamento virtual para profissionais, gerando economia de material e tempo.

Inclusive, na Petrobras, o metaverso já está presente em toda a cadeia de petróleo, desde a extração até o refino. Os “gêmeos digitais” facilitam o monitoramento remoto de equipamentos submarinos, promovendo segurança e eficiência. 

Assim, a replicação virtual permite navegar pela plataforma e obter informações precisas em tempo real. Apesar de estudos sobre tecnologias imersivas na indústria, o interesse pelo metaverso ganhou destaque após a mudança de foco de Mark Zuckerberg para a Meta, em 2021. 

Marcas renomadas como Nike, Balenciaga e Adidas já exploram versões virtuais de seus produtos. Relatórios indicam um potencial mercado de consumo no metaverso de até US$ 13 trilhões em 2030.

Incentivos do governo reforçam a transformação digital

O governo brasileiro demonstra comprometimento com a inovação industrial por meio do programa Nova Indústria Brasil, destinando R$ 66 bilhões em financiamentos até 2026. 

O MetaIndústria, da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), busca transformar a manufatura, promovendo parcerias com empresas e universidades para aplicar tecnologias de VR (Realidade Virtual).

Ou seja, o metaverso industrial emerge como catalisador de inovação, transformando a maneira como setores diversos operam. Empresas estão abraçando essa revolução digital, impulsionadas por ganhos em eficiência, segurança e economia. 

Portanto, o Brasil, alinhado com tendências globais, investe não apenas em tecnologias, mas também em programas governamentais que promovem a transformação digital na indústria. Assim, o futuro, cada vez mais virtual, traz consigo promessas de crescimento econômico sustentado e competitividade global.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img