quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeBitcoinUsuários do iPhone poderão comprar criptomoedas através do Coinbase

Usuários do iPhone poderão comprar criptomoedas através do Coinbase

A Coinbase, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo, anunciou uma parceria estratégica com a Apple. A novidade permitirá que os usuários de iPhone no Reino Unido comprem criptomoedas usando o Apple Pay. Portanto, a iniciativa visa garantir segurança e privacidade, já que o Apple Pay não armazena números de cartões.

Apesar de um mercado mais retraído, Coinbase continua firme

Daniel Seifert, Diretor Nacional da Coinbase no Reino Unido, destacou a facilidade de acesso proporcionada pela integração com o Apple Pay. Assim, com mais de seis milhões de investidores em criptomoedas no Reino Unido, a Coinbase busca expandir esse número, facilitando o acesso aos ativos digitais.

Apesar da desaceleração do mercado de criptomoedas, a Coinbase permanece otimista. No entanto, a empresa reconheceu a queda de volume no mercado e atribuiu ao padrão sazonal de menor interesse em ativos arriscados. 

De qualquer forma, a exchange acredita que o próximo halving do Bitcoin será um potencial impulsionador de preços mais altos e o interesse dos investidores.

Assim, Kunal Goel, analista de pesquisa sênior da Messari, prevê um aumento significativo na receita da Coinbase no primeiro trimestre. Ele estima um aumento de 89% para US$ 1,5 bilhão, atribuído à duplicação do volume de negociação e ao recorde na atividade de negociação. 

Portanto, a receita de transações, que representa dois terços do lucro líquido, destaca a saúde financeira da plataforma.

Mas recentes análises de mídia social demonstraram uma diminuição no interesse do varejo por criptomoedas, com um declínio nas postagens relacionadas a palavras-chave como Bitcoin e Ethereum. 

Joe Vezzani, CEO da LunarCrush, destacou uma redução significativa na atividade, comparando-a com mercados em alta anteriores. Enquanto isso, o preço das ações da Coinbase (COIN) subiu mais de 6,68% nas últimas 24 horas, sendo negociadas atualmente por US$ 250. 

Em resumo, a Coinbase continua a mostrar resiliência, apesar da queda no interesse em cripto.

Paulo Cardoso
Paulo Cardoso
Formado pela PUC-RJ (2002) em Jornalismo, com Pós Graduação na ESPM-RJ (2006) em Comunicação com o Mercado. Trabalhou em rádio, jornal, editora de livros como revisor e agências de publicidade como redator, estratégia de negócio e social media. Editorias trabalhadas: entretenimento, futebol, política, economia, petróleo, marketing, negócios, iGaming e tecnologia.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img