sábado, maio 25, 2024
spot_img
HomeNegóciosBitget anuncia a listagem de fan token do Tottenham

Bitget anuncia a listagem de fan token do Tottenham

Image By freepik

Nesta quarta-feira (25), a plataforma Bitget utilizou uma publicação em seu site para anunciar a listagem do fan token do clube inglês Tottenham Hotspur. Confira neste texto mais informações sobre essa novidade e veja outras notícias recentes que marcaram o mercado digital.

“Temos o prazer de anunciar que o Tottenham Hotspur Fan Token (SPURS) será listado na Innovation Zone e na Fan Token Zone. O Spot Grid Trading entrará no ar 24 horas após a listagem”, informou a Bitget em sua postagem.

Conforme explica a plataforma, os fan tokens presentes na Fan Token Zone passam por um período de avaliação, estabelecido em 60 dias. Caso não sejam bem-sucedidos nessa avaliação, os pares de negociação podem ser excluídos.

A notícia sobre a chegada do Tottenham ao mercado de fan tokens veio em setembro, quando a plataforma da Socios.com anunciou a sua parceria com o clube inglês. O fan token dos Spurs está na Chilliz Blockchain.

Entre outros clubes que chamaram atenção nos últimos meses no mercado de fan tokens, esteve o Benfica. Pouco mais de um dia após o seu FTO (Fan Token Offering), o clube português esgotou um lote de 500 mil unidades de seu fan token.

Binance

Por meio de publicação em seu site, a Binance anunciou a remoção dos seguintes pares de negociação de sua plataforma no dia 27 de outubro:

ACH/BUSD, ARPA/BUSD, BETA/BUSD, CELO/BUSD, CHR/BUSD, DREP/BUSD, EDU/EUR, ENJ/BUSD, GTC/BUSD, HOOK/BUSD, ID/EUR, IDEX/BUSD, IMX/BUSD, IOTX/BUSD, JASMY/BUSD, KAVA/BUSD, LPT/BUSD, MTL/BUSD, NEO/BNB, PHA/BUSD, POND/BUSD, REEF/BUSD, RPL/BUSD, SAND/BUSD, SUSHI/BNB, THETA/EUR, TOMO/BUSD, UNFI/BUSD, WING/BUSD, WRX/BUSD

Acusações

Fundador da CipherBlade, Roger Sanders publicou um texto na plataforma LinkedIn para anunciar seu rompimento com a empresa. Entre os pontos que aborda neste texto, Sanders acusa funcionários da CipherBlade de estarem envolvidos com atividades ilícitas e antiéticas.

De acordo com ele, o domínio da empresa e outras de suas propriedades teriam sido roubadas por pessoas nas quais ele confiava.

“A CipherBlade é agora, na minha opinião, uma organização lucrativa que usa a reputação e o histórico construído sob minha liderança para aliciar vítimas. Acredito que esta é agora uma organização que faria qualquer coisa para vender os seus serviços, embora e apesar das suas alegações em contrário, tenha experiência e recursos investigativos mínimos”, declarou Sanders.

Parte das ações ilegais que Roger Sanders acusa teriam sido realizadas enquanto ele estava na Ucrânia participando de ações de resgate.

Pedro Fonseca
Pedro Fonseca
Jornalista formado pela UNESP-Bauru (2016-2019), com MBA em Negócios Digitais pela USP Esalq (2022-2024). Possui experiência como assessor de comunicação, assessor de imprensa, redator e locutor. Já atuou em iniciativa social e em agência de comunicação, lidando com empresas e personas das áreas de saúde, autodesenvolvimento, tecnologia, empreendedorismo, entre outras.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Advertisment -spot_img

últimas notícias

- Advertisment -spot_img